Review Gamístico Achan - Modo Versus de Sonic and the Secret Rings

20/09/2010 13:41

É senso comum que seu Nintendo Wii terá MUITO mais graça se você estiver jogando com seus amigos. Entre o modo normal (que é ter dois controles e chamar pra jogar amigos que tenham o restante) e o modo Renatinha (que é o unico ser de sua casa que joga e tem quatro controles completos com Wii Motion Plus), o multiplayer sempre garantiu a alegria e a descontração nas reuniões Achans.

Mas afora as modinhas do Mario Bros Wii, Mario Kart e Rock Band, o que mais podem os achans jogar com a sacudidela de um controle? A resposta (by Renatinha) é: Sonic, e alguma coisa com os anéis ai...

 

Brilhou muito

 

Introdução: Sobre o que é essa bagaça?

Sonic and the Secret Rings conta a estória de uma versão mágica do livro Aladin e a Lâmpada Maravilhosa, encontrada pelo protagonista na estante de sua casa. De dentro do livro sai uma fadinha que pede a nosso herói que a ajude a salvar o mundo das Mil e Uma Noites, que está sendo queimado abaixo pela fúria do enlouquecido Gênio da Lâmpada. Sendo teleportado para as arábias, Sonic é subitamente ferido no peito por uma flecha do mal e terá doze horas para recuperar Sete Aneis Mundiais capazes de salvar as Mil e Uma Noites, prender para sempre o Gênio da Lâmpada e retirar a flecha cravada em seu coração. Ahan.

 

Tá. Agora passa pra uma parte que eu ao menos ameace ler.

Considerando o fato que só EU jogo o modo Story, passamos para o modo Versus, que diverte todos os Achans. Neste modo, quatro achans competem em diversos mini-games onde os vencedores tem a chance de somar pontos. No final, quem somar mais pontos ganha (Duh). Veremos abaixo os principais joguinhos testados pelos Achans, acompanhados de descrição e nomeação dada por eles próprios:

 

Sacode o guarda-chuva

O objetivo aqui é pegar o maior número de moedas e evitar as nuvens fofinhas, enquanto direciona sua queda com um guarda-chuva.

 

Por que o Pio tá fazendo tão rápido?

Nesse mini-game, pequenos servos colocam lenha na sua frente, para que você a corte com um machado. Quanto mais rápido o movimento, mais rápido é o corte. Só espere a lenha estar em posição para descer o machado.

 

Essa merda não faz bolha!

Em sua aparente tara por bolhas, os Achans aqui precisam sacudir o controle debaixo de borboletas, para criarem bolhas capazes de capturá-las. E sim, é tão gay quanto soou.

 

O da peteca

Mini-game simples e jogável, consiste em dar um tapa nas petecas do seu lado do campo, mandando-as na caixa ambulante do outro lado da rede.

 

Bem no chifre

Pequenos gênios jogam frutas no seu personagem, que deve ser espetadas com um florete que você segura. O nome do mini-game vem de onde a fruta pega se você não apontar o florete direito.

 

Como é que roda isso?

Cada personagem controla uma torre com duas engrenagens. O objetivo é girar as engrenagens de forma a fazer com que os demoniozinhos que aparecem da torre caiam na armadilha de baixo.

 

Ela não tá se mexendo!!!

Aqui o Achan controla (ou quase) uma pedra que deve ser empurrada sobre os gênios correndo na areia para esmaga-los. Fazer a pedra correr na direção que você deseja é outra história.

 

Por que ele só cai em cima de mim?!

Nesse mini-game, um gênio dança sobre uma pilha de tapetes na sua frente. O objetivo é aproveitar enquanto ele pula para puxar o maior número de tapetes debaixo da pilha. Obviamente, se você puxar o tapete enquanto o gênio está sobre ele, o gênio cai.

 

Ai minha costela!

Um simples mini-game de basebol, você tem três chances de fazer um home-run (lançar a bola para fora da arena). Quanto mais força você usar, mais vai doer aquele machucado feito na Drops sábado a noite (wrow)

 

Mas eu apontei ela pra cima!

Um jogo de memória, você deve reproduzir com a sua bandeira o movimento que o gênio a sua frente faz com a bandeira dele. Isso e contar que o seu controle de Wii entenda o que você está fazendo.

 

Fica com o controle pra baixo!

Aqui cada Achan tem uma pistola, que deve ser apontada para a tela no momento em que a cortina a frente subir e mostrar o alvo no qual se deve atirar.

 

É pura física

Usando a força centripeta, cada Achan deve fazer com que sua maça atinga três vezes a torre de sustentação dos adversários, derrubando-os e ficando por ultimo em sua própria torre.

 

Vai pra beiradinha

Em cima de uma bola de bilhar, cada um dos Achans deve empurrar o oponente para fora da plataforma, sem cair na água antes deles.

 

O do mal de Parkinson

Muito simples: Estenda sua rede e capture o maior número de geniozinhos que caem do céu. Isso sem tremer como fosse pra Helsinki com a sunga do Donald.

 

Primeiro puxa, aperta o A, depois faz o que mesmo?

Pegue um arco e flecha e atire nos balões que voam na sua frente. A coisa mais fuleira do mundo.

 

Silvio Santos e o seu martelo

Armados cada um com suas marretas, os Achans precisam pregar o maior número possivel de estacas no convés do navio.

 

Como é que se joga isso aqui? Ah, esquece, já ganhei de vocês...

Por tentava e erro, faça com que o peso do seu baú cheio de moedas coincida com o da balança ao seu lado. Ou jogue na sorte e acerte de primeira, como a Renatinha...

 

O do mal de Parkinson II

Achans trombadinhas: com uma pá, pegue o maior número de moedas sem acordar o gênio guardião a sua frente. Ainda sem tremer como fosse pra Helsinki com a sunga do Donald.

 

Aponta em qualquer um ai...

Com uma lanterna no museu escuro, procure entre os quatro quadros a sua frente aquele que contem uma diferença para os outros três. Não, não é pra apontar pra qualquer um ai...

 

Aimeudeus, a abelha de novo!

Reme no pequeno trecho do rio e seja o ultimo a ser derrubado pela cachoeira gigante ou as abelha assassinas.

 

Bem no chifre II

Em um carrinho de mina, controle a manivela para acelerar e chegar a frente dos seus rivais. O nome do mini-game se deve ao lugar onde o teto baixo acerta se você estiver de pé no momento oportuno.

 

Aimeudeus, vai expodir!!!

Nesse mini-game, você controla uma bomba de ar conectada a um balão. Como uma batata quente, caso o balão exploda enquanto você está na frente dele você perde. Em dez segundos, o personagem escolhe quantas bombadas de ar colocará no balão, passando a vez para o personagem da esquerda.

 

Roule-no-que?

Hole-in-One é um mini-game no qual você tem uma tacada para fazer com que a bolinha acerte o buraco de um circuito de mini-golfe pre-estabelecido.

 

Não pula as regras, porra!

Joguinho com regras descobertas na prática, por termos gente no grupo sem paciencia pra ler as instruções: em um minuto os personagems devem percorrer uma caverna com vários baus, pegando-os e sacudindo-os para ouvir quantas moedas tem dentro de cada um. Quem pegar o bau com mais moedas ganha.

 

Essa merda é muito estreita!

No ultimo mini-game, todos os Achans estão vendados e os jogadores controlam seus respectivos gênios. O objetivo é atraí-los até a linha de chegada estralando os dedos para que eles sigam o som que os guiem pelo caminho certo (bem longe da água), no meio daquele caminhozinho estreito filho-da-puta.

 

Avaliação Final do Agito

Gráfico: Sonic and the Secret Rings tem lindos gráficos, com cenários detalhados que incluem ruinas em oasis, uma floresta cheia de dinossauros, um castelo construido nas costas de um gigante, uma frota de navios piratas no meio de uma tempestade e um palácio de cristal em pleno espaço. Mas como a crítica é para o modo Versus do jogo, muito menos variado e bem-feito que seu modo Story, os graficos apenas não ofendem.

Jogabilidade: Varia de mini-game pra mini-game, o que não algo muito louvável. Entre o controle apenas aceitável dos Gênios estaladores de dedo e a tremedeira incontrolável ao segurar uma pá pra roubar moedas de um guardião que tirou um cochilo, o controle pouco confiável é o maior motivo de jogadores casuais largarem o jogo após o segundo mini-game. Sorte termos o Pio pra insistir na bagaça e conseguir tirar algum divertimento da experiência.

Dificuldade: Como testamos apenas o modo Versus, a dificuldade se resume a dois fatores que devem ser considerados: A jogabilidade do mini-game sorteado é nojentamente inoperável? E o Pio é um dos quatro personagens participando da partida? Diga não a ambos e o jogo deixa de ser impossível, passando a ser apenas desafiador.

Diversão: Dá pro gasto. A variabilidade dos mini-games é muito grande (com o dobro de mini-games a serem ainda abertos durante o modo Story, coisa que a gente não fez...), existem diferentes regras de pontuação para todos os gostos e o conceito dos jogos é bacana. Deconsiderem o controle horrivel de alguns jogos, tomem o controle da mão do Pio e esqueçam o que a Lili tem a dizer a seus adversários sobre os melhores lugares pra se conseguir novos pontos e vocês também irão curtir essa experiência.

 

By Pio, que covardemente era dono do jogo e sabia as regras de

todos os mini-games, sendo um bobo, mal, feio e cara de melão.


Tópico: Review Gamístico Achan - Modo Versus de Sonic and the Secret Rings

QUENAMORACOMMIGO

ISMAEL | 09/01/2015

Novo comentário