Review Gamístico Achan - New Super Mario Bros Wii e a Mítica da Bolha

23/08/2010 15:28

Vários jogos passaram pelo julgo Achan nos últimos dois anos de agitos de finais de semana. Variando desde Playstation III, computadores e baterias de plástico até papéis pregados na testa, tais passatempos sempre garantiram a diversão, inocência e nostaugia no ilustre grupo de confrades. No entanto, nenhum jogo até agora conseguiu retratar tão bem a farofa, o poder de união e o trabalho de equipe mostrados nesta obra-prima feita pela Nintendo e testada por seus Achans favoritos: New Super Mario Bros Wii.

 

Introdução: Sobre o que é essa budega?

Pura diversão para quatro jogadores

 

New Super Mario Bros Wii conta a história de um encanador que vive em um reino repleto de cogumelos constantemente invadidos por tartarugas mutantes. Essas tartarugas raptam a princesa do reino e deixam para trás moedas, Power Ups e vidas para o encanador que vai resgatar a donzela indefesa, sabe-se lá porque. Em suma, um jogo do Mario como outro qualquer. O especial desse nova versão das aventuras do encanador, no entanto, é que a bagaça é multiplayer. ^o^

Permitindo até quatro jogadores ao mesmo tempo, Mario Bros Wii inova e diverte no principal ponto em que o jogo foca: a jogabilidade. Você interage tanto com seus adversários quanto com seus colegas, empurrando-os, dando-lhes impulso e até mesmo arremessando-lhes em um poço de lava. Somado isso aos Power Ups exclusivos do jogo (Cogumeelice, que faz você rodar no ar feito um pirocóptero e o Traje do Penguim, que lhe permite andar feito um pato por motivos aleatórios) e ao tão esperado retorno de Yoshi (o dinossauro alazão do encanador que faz coisas com a língua que até Deus duvida), o novo clássico do Wii concilia o que há de melhor em matéria de jogos de plataforma da atualidade.

Uma adição do gameplay do Mario é digna de detalhes mais profundos antes que passemos para a pontuação do jogo em si. Dentro do mundo de Mario Bros e agora também da vida Achan, eis que somos apresentados à Bolha.

 

A Bolha (*trovão no fundo*)

Você e suas marotices, fugindo do capiroto flamejante comedor de encanadores

 

O conceito de Bolha (iniciado no Super Mario World II do SNES e aperfeiçoado agora) involve a invulnerabilidade do personagem enquanto ele fica dentro dessa camada protetora, flutuando longe de qualquer inimigo na tela e impossibilitado de se mover sozinho. A Bolha é acionada em dois casos em Mario Bros Wii, ambas no modo multiplayer:

 

  • Quando um dos quatro personagens morre e os outros três continuam a partida normalmente, aquele que perdeu uma vida volta em questão de segundos para a tela dentro de uma bolha. Para que ele saia da bolha e possa jogar de novo, basta que um dois três personagens restantes encoste na Bolha, estourando-a e liberando o personagem.
  • Quando um dos jogadores precisa se ausentar do jogo e os outros três não querem deixar o jogo pausado enquanto esperam, o jogador que vai sair pressiona o botão A no controle do Wii e seu personagem automaticamente entrará na Bolha, flutuando no cenário longe de inimigos e podendo voltar ao jogo assim que um de seus companheiros tocarem nela.

 

Fora o New Super Mario Bros Wii, a Bolha possui outras aplicações

na cultura popular conteporânea.


A farofa começa, no entanto, quando os jogadores começam a sutilmente (né, André?) fazer uso da Bolha para fins diversos. Um destes usos, por exemplo, consiste em fazer com que o seu personagem, que está no meio de uma queda rumo a um buraco sem fundo, a um poço de magma ou a um inimigo mortal, entre de propósito na Bolha com o botão A, para flutuar longe do perigo e para perto de seus companheiros, que o libertarão e continuarão com a partida normalmente. Muito simples e justo se não fosse o fato de TODOS os quatro tentarem fazer isso ao mesmo tempo.

O programador do jogo, um fanfarrão esperto como só ele, previu esse tipo de suruba e estipulou (se utilizado de raciocinio lógico muito simples) que se os quatro jogadores entrarem em suas Bolhas ao mesmo tempo para se salvarem, não vai sobrar ninguém do lado de fora para estoura-las. Nesse caso, todo mundo perde uma vida e a fase reinicia do começo, para desespero de quem está repetindo o mesmo nivel pela 57º vez. 

 

"...Partiu bolha?"

 

O segundo uso "paralelo" da Bolha remete à confiança nas perícias individuais de cada jogador: com a tela lotada de inimigos, pedras esmagadoras, tempestades de fogo e outros agitos, os jogadores de Mario Bros Wii sofrem uma tendência incontrolável de entrarem na Bolha e deixarem o jogador que sobra sozinho com o pepino na mão e se desviando até do que não está na tela. Assim que a coisa esfria e o chão aparece pra todo mundo, os marotos embolhados se aprochegam no personagem que ficou de fora, prontinhos pra continuarem em suas divertidas aventuras.

 

"Vai na fé que a gente te alcança!"

 

Avaliação Final do Agito

Gráfico: New Super Mario Bros Wii nunca tentou primar pela beleza ou pelo detalhamento gráfico (tal qual Sonic and the Black Knight e o próprio Super Mario Galaxy, ambos também de Wii e usando o máximo da capacidade do aparelho), consistindo puramente em um jogo de plataforma cujo único objetivo é a diversão e a farofa. No entanto, não é por isso que um jogo precisa parecer ter sido desenhado no Paint. Com design simples e inocente que faz homenagem aos jogos antigos do encanador, Mario Bros Wii é um jogo agradável de se olhar.

Jogabilidade: Jebonauticamente brilhante. Incrível o que se pode fazer com dois botões e uma sacudida de controle: entre vôos, bundadas, moonwalkers, lançamentos de colegas de equipe em buracos sem fundo e o famigerado Entrar-na-Bolha, Mario Bros Wii permite ao jogador fazer o que ele quiser na hora em que ele quiser (se ele souber o que está fazendo).

Dificuldade: Varia muito conforme o número de jogadores adicionados na partida, indo do nível Noob-Fail com 1 player no Mundo da Colina até o nível Not-Even-Nic-Cage-Could-do-it com 4 players no Castelo do Bowser. Desafios da classe de espinhas de peixe teleguiadas psicopatas, penhascos sem fundo, masmorras com parafusos tchuca-makers gigantes e o Ao Leu impedindo a tela avançar de propósito fazem de Mario Bros Wii um jogo quase impossível de se terminar.

Diversão: Garantida. André se refugiando na Bolha no meio de uma colina, Ritinha correndo pra não ser deixada pra trás com um peixe gigante comedor de gente, Ao Leu sendo arremessado em um Power Up que não queria pegar, Baldo com flor de fogo pegando todos os items em cima da caixinha enquanto seus companheiros permanecem pequenos, Julie invadindo um castelo de lava vestida de pinguim e Fadinha quicando na cabeça de um achan enquanto tenta se esconder de um parafuso gigante alegram o dia de qualquer ser humano.

 

By Pio, o único que não podia entrar na fuckin' Bolha sob pena dos

quatro terem que recomeçar a fase do zero de novo

 

 

Tópico: Review Gamístico Achan - New Super Mario Bros Wii e a Mítica da Bolha

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário